Filme: Pets – A vida secreta dos Animais

- filmes, post

Hey amorequinhas  e amorequinhos, você tem bichinho de estimação? Já ficou se perguntando o que será que eles fazem quando você precisa sair de casa? Pois é…não tem como não se preocupar com eles né?! Ainda mais quando se tem 3 animais (fico pensando quem tem mais de 3 bichinhos lindos, a bagunça que deve ser)

Para quem ainda não sabe, hoje, quinta-feira, dia 25 de Agosto, estréia nos cinemas o filme Pets – A vida secreta dos Animais onde mostra o lado oculto de cada bichinho presente no filme. Quer saber um pouco mais do filme? Bora ver o trailer e ficar contando as horas pra ir ao cinema 😀

 

 

Sinopse:
Max é um cachorro que mora em um apartamento de Manhattan. Quando sua querida dona traz para casa um novo cão chamado Duke, Max não gosta nada, já que seus privilégios parecem ter acabado. Mas logo eles vão ter que pôr as divergências de lado quando um incidente coloca os dois na mira da carrocinha. Enquanto tentam fugir, os animais da vizinhança se reúnem para o resgate e uma gangue de bichos que moram nos esgotos se mete no caminho da dupla.

Encontramos também os seguintes personagens: Gidget, uma cachorrinha linda da raça Lulu da Pomerânia, Max, personagem principal que tem que lidar com a vida de um novo amiguinho, o Duke. Chloe, uma gata que pelo que podemos perceber, é bem agitada e adora confusão rsrsrs (parece até minha gata Lola), Mel, um Bulldog beeeem fofinho, Pirulito e muitos mas muitos animais.

Sua curiosidade aumentou? A minha aumentou para mais de 100% maaas enquanto esperamos chegar dia 25 (faltam algumas horinhas) que tal conhecer os meus bichinhos de estimação?

touya

Touya: Husky Siberiano de 9 anos (sim, 9 aninhos). Chegou aqui em casa com 1 mês e 15 dias e todos os dias tem me ensinado o significado de amor, companheirismo, de união e carinho. Considero ele meu irmãozinho, aliás, dou minha vida por ele assim como para meus outros animais.

lola

Lola Maria: Lola é uma gata SRD, que quer dizer sem raça definida. Foi jogada na entrada do prédio onde moro no início do ano de 2015 e como meu desejo era ter um felino, Lola chegou em boa hora. Assim que a vi, me apaixonei e tadinha, estava cheia de fome. Logo peguei para dar leite e ploft ~ pulou do meu colo para o chão e tem conquistado seu lar. Por ser a primeira felina da casa, não sabia se era macho ou fêmea mas graças a médica veterinária, minha dúvida desapareceu.
Minha filha primogênita

Depois da Lola, cheguei a pegar um gatinho, também jogado aqui na entrada do prédio e dei o nome de Joe, porém, o mesmo era tão fraquinho que sobreviveu apenas 13 dias 🙁

Até que no mês de Fevereiro, desta vez já no ano de 2016, surge uma feira de adoção perto de casa e gente, não há coisa melhor que ADOTAR. Não comprem bichinhos. Os que estão na rua ou para serem adotados merecem e dão o mesmo amor que aquele comprado em petshop. Conheçam agora o Frajola:

frajola

Frajola: Adotado em uma feira de adoção, Frajola é o gato mais dengoso que já vi até hoje. Parece até cachorrinho pois onde estou quer estar também. Me chama para deitar, para dormir, é meu companheiro para todas as horas, meu cobertorzinho nos dias mais frios. É o filho que pedi a Deus

Mas e vocês, deixem aqui nos comentários sobre o bichinho ou bichinhos que tem. Vou adorar conhecer cada um *___*

Espero que tenham gostado do post, Beijoquitas no coração de cada um de vocês :*

Previous Story
Next Story

You Might Also Like

Sem Comentários

Deixe seu comentário